A Ponte

Jorge Bezerra

À minha amada

esposa, Marli

 

Juntos, de mãos dadas, querida,

atravessaremos a ponte...

Olhar fito na outra margem,

caminhar decido, ligeiro!

 

Ao seu lado eu corro

Ao seu lado eu tenho fé

e dentro em mim um segredo revelado:

Nada nos poderá deter!

 

Me entrega sua mão

me entrega o seu passo

pode me beijar no rosto...

 

Nós somos amigos,

somos amantes, somos irmãos...

Toda ponte é pequena pra nós dois!

swipe

Deixe seu comentário